Mulher é morta a facadas pelo ex-marido no RJ

REPRODUÇÃO / INSTAGRAM

Uma mulher foi morta pelo ex-marido no início da noite desse domingo (18/11), no Bairro Vicente de Carvalho, Zona Norte do Rio de Janeiro. A vítima era Fernanda Siqueira, 29 anos, que foi esfaqueada por Vanclecio Cordeiro, 28 anos. O ataque aconteceu quando Fernanda tentava devolver ao ex chave do imóvel onde moravam juntos.

De acordo com informações do site Extra, Fernanda foi esfaqueada na região do pescoço, na calçada em frente ao prédio onde morava com Vanclecio. Os vizinhos testemunharam o ataque e tentaram socorrer Fernanda, que foi levada às pressas ao Hospital Estadual Getúlio Vargas, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu após algumas horas.

O ataque aconteceu em frente a várias testemunhas. Uma delas chegou a empurrar Vanclecio para tentar impedi-lo de machucar Fernanda, mas ele conseguiu golpear a ex-mulher no pescoço e fugiu de carro logo em seguida. Momentos mais tarde, o assassino bateu com o carro próximo à estação de BRT Marambaia e fugiu a pé. Policiais estiveram no local para perícia. Vanclecio continua foragido.

Fernanda e Vanclecio se casaram em março de 2015 depois de anos de namoro. Segundo familiares e amigos, o casal estava separado há cerca de três meses. Vanclecio não aceitava o fim do relacionamento e apresentava comportamento agressivo, principalmente quando consumia bebidas alcoólicas, apesar de nunca ter agredido a mulher fisicamente. Pessoas próximas afirmaram que no dia da morte de Fernanda ele teria bebido.

Myriane Pedreira, de 44 anos, cunhada de Fernada, afirma que Vanclecio era muito ciumento e que a separação aconteceu após uma das brigas do casal. Na ocasião, ele chegou a quebrar o vidro do banheiro com um carregador do celular. No dia de sua morte, Fernanda recebeu uma ligação do ex quando estava com sua família na casa dos pais. Ele pedia a devolução das chaves do imóvel.

– Nós passamos o domingo juntos, a ficha ainda não caiu. Após a separação, ele ficou fazendo ameaças de que ia queimar todas as coisas dela que ainda estavam na casa do casal, que ia quebrar tudo e deixá-la sem nada. Ele era muito ciumento com ela, mas nunca imaginamos que ele fosse fazer algo assim – conta a cunhada.

O pai de Fernanda, Walter Siqueira, esteve com outros dois filhos na Delegacia de Homicídios (DH) da Capital no início da madrugada desta segunda-feira, onde o caso está registrado. Ele chegou a passar mal no Getúlio Vargas e precisou ser medicado.

Fonte: Metrópoles

Série O Bom Doutor 1ª Temporada Dublado

Série O Bom Doutor 2ª Temporada Dublado

Série O Bom Doutor 3ª Temporada Dublado