Adolescente é encontrado morto após sair para bloco de Carnaval

 Reprodução Facebook

Rio - Um adolescente de 16 anos foi encontrado morto, na noite desta segunda-feira, na Avenida Abílio Augusto Távora, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Lucas Torres dos Santos estava desaparecido desde o último sábado, quando saiu para encontrar amigos da escola para curtir o Carnaval de rua, na Praça de Cabuçu, também em Nova Iguaçu.

A mãe de Lucas, Vanessa Torres, disse que o corpo do menino, que estava em uma casa na Avenida Abílio Augusto Távora, foi encontrado graças a um comentário em uma página de notícias do Facebook. Ele estava totalmente desfigurado, apresentava marcas de queimaduras e traumatismo craniano que, segundo o laudo médico, foi provocado por golpes de machado.

"Lucas foi morto cruelmente. Enterrei meu filho sem poder dar um beijo de despedida, sem poder olhar seu rosto pela última vez", disse ela, aos prantos.

De acordo com Vanessa, o adolescente foi acompanhar uma amiga ao banheiro durante um bloco de rua, quando o ex-namorado dela o segurou pelo braço e o arrastou do local. Depois disso, Lucas não foi mais visto.

Na 56ª DP (Comendador Soares), a amiga da vítima prestou depoimento e disse que estava sofrendo ameaças do ex-namorado, porque ele não aceitava o fim do relacionamento. A menina abriu uma ocorrência contra o rapaz que, mais tarde, se apresentou e negou todas as acusações. Após prestar esclarecimentos, ele foi liberado por falta de provas.

Praticante de jiu-jítsu, Lucas era muito conhecido e amado na região. Parentes e amigos da escola chegaram a se mobilizar pelas ruas na tentativa de ajudar encontrar o adolescente, que era morador do Bairro Aliança.

O caso foi registrado na 56ª DP, mas foi encaminhado para a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense, em Belford Roxo, que está apurando as circunstâncias da morte de Lucas Torres.

Fonte: O Dia/ Jessyca Damaso

Como passar no encurtador Drop link