Ex-candidata pró-Bolsonaro repassou verba de campanha ao marido

REPRODUÇÃO/FACEBOOK

A jornalista Elisangela Machado dos Santos de Freitas, candidata a uma vaga na Câmara Federal nas últimas eleições e administradora da página República de Curitiba, pró-governo, repassou mais da metade dos recursos de campanha ao marido. De acordo com informações da Folha de S.Paulo, Elisa Robson, como se apresenta, foi contratada recentemente para trabalhar no gabinete do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ).

Durante a campanha eleitoral de 2018, Elisangela se apresentava como “a federal do Bolsonaro no DF”. Ela recebeu R$ 25 mil do fundo de financiamento e repassou R$ 14,9 mil ao marido, o engenheiro Ronaldo Robson de Freitas, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) levantados pelo veículo. Ronaldo é funcionário da Embrapa, conforme apurou a Folha.

Segundo declaração à Justiça Eleitoral, ele recebeu R$ 10 mil para “serviços de coordenação de campanha eleitoral”, R$ 4 mil para “locação de equipamento para gravação de vídeo” e mais R$ 900 para “serviço de divulgação de campanha”.

Procurado pela reportagem, o casal não quis se manifestar. No entanto, Elisangela, na página dela no Facebook, justificou que todo o trabalho de comunicação nas redes sociais foi feito pelo marido. “Inclusive, nossa família de 5 pessoas está sem carro até o hoje porque decidimos dar prioridade financeira para a minha campanha na época.”

Fonte: Metrópoles/ Thaís Paranhos