Lula já tem direito ao semiaberto, mas se recusa a pedir benefício

Foto: Ricardo Stuckert

O ex-presidente Lula (PT), que vem sendo mantido como preso político desde abril do ano passado, já tem direito a solicitar sua mudança para o regime semiaberto. “Como o Superior Tribunal de Justiça (STJ) diminuiu a pena de Lula – de 12 anos e 11 meses para 8 anos e 10 meses –, se for descontado o tempo que já cumpriu de prisão, sua pena cai para 7 anos e 10 meses. A nova pena, abaixo de 8 anos, dá a Lula o direito imediato ao regime semiaberto”, informa o jornalista Tales Faria, em reportagem publicada no Uol.

Pelo novo regime, Lula passaria a ter o direito de trabalhar e fazer cursos fora da prisão durante o dia e retornar à unidade prisional à noite. No entanto, Lula resiste, porque luta pela absolvição plena. “Até agora os advogados não conseguiram autorização do presidente para qualquer tipo de recurso nessa linha. Ele estaria obcecado pelo reconhecimento definitivo de inocência”, afirma o jornalista.

Fonte: Brasil 247