Suspeito de estuprar mulher em UTI de hospital em Goiás é preso

DIVULGAÇÃO/PCGO

Um técnico de enfermagem de 41 anos suspeito de estuprar uma jovem de 21 enquanto ela estava internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Goiânia Leste, em Goiás, se entregou à polícia nesta quarta-feira (29/05/2019).

A vítima ficou no local por nove dias até falecer em decorrência de uma parada cardíaca, no domingo (25/05/2019), segundo o jornal O Popular. De acordo com a reportagem, o estupro teria acontecido em 17 de maio, um dia após a entrada da jovem na UTI. Apesar da sedação, ela teve momentos de lucidez e denunciou a situação a uma enfermeira.

O suspeito, que trabalhava no hospital, foi confrontado e negou o crime. Depois, não apareceu mais. Um mandado de prisão foi expedido pela Justiça na noite dessa terça-feira e ele era considerado foragido.

O caso de estupro de vulnerável é investigado pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam). A polícia divulgou, nesta tarde, uma imagem do homem próximo ao leito da vítima.

Fonte: Metrópoles