Polícia investiga desaparecimento de oito jovens da Favela Cinco Bocas


Rio - A Polícia Civil investiga o desaparecimento de oito jovens moradores da Favela Cinco Bocas, em Brás de Pina, na Zona Norte do Rio. Eles teriam sido levados por traficantes. A motivação ainda está sendo investigada pela 22ª DP (Penha), que também tenta descobrir o paradeiros dos rapazes.

Entre os desaparecidos estão Rafael Magalhães Celestino, de 17 anos, Adalberto Bispo Pereira Neto, 22, e Tiago Moreira Isbano, 24. A mãe de Rafael publicou uma foto do filho em sua conta na rede social. “Não quero saber quem levou, só quero meu menino de volta, eu imploro, devolva meu filho, vocês não imaginam a dor que estou sentindo”, diz a legenda, publicada na terça-feira. No dia seguinte, ela fez outra publicação: “meu amor, eu vou te encontrar”.
A ação movida na noite de domingo teria partido do grupo armado de Álvaro Malaquias Santa Rosa, o Peixão, cujo rosto está estampado no Portal dos Procurados, com recompensa de R$ 2 mil. Ele é o chefe da facção Terceiro Comando Puro em Cordovil, Parada de Lucas e Vigário Geral, regiões nas intermediações da Cinco Bocas.

Segundo relatos publicados nas redes sociais, desde o último domingo, há uma disputa por pontos de venda de drogas na região. Em cartazes estendidos nas ruas de Brás de Pina, é possível ver denúncias sobre o número de óbitos na região e pedido de paz. “Param de nos matar. Brás de Pina pede paz”, diz a mensagem. 

Fonte: O Dia