Seleção Brasileira joga bem, goleia Peru e se classifica em primeiro lugar do grupo

AFP

São Paulo - Finalmente uma boa atuação, com direito a goleada e classificação às quartas de final da Copa América sem sustos. Num Itaquerão cheio, a Seleção Brasileira abriu o placar rapidamente e, com espaço, teve enorme facilidade para bater o Peru por 5 a 0, gols de Casemiro, Firmino, Everton, Daniel Alves e Willian. Com o resultado, o Brasil garantiu o primeiro lugar do Grupo A, com sete pontos, e jogará na próxima quinta-feira, em Porto Alegre, contra um dos dois terceiros classificados, mas sem Casemiro, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Já os peruanos, ainda podem seguir como um dos melhores terceiros.

A facilidade com que o Brasil abriu 3 a 0 no primeiro tempo não deixou de ser surpreendente devida à pressão pelo resultado. Principalmente porque o jogo se desenhava diferente, com o Peru ligeiramente melhor nos minutos iniciais. Com duas mudanças no ataque - Gabriel Jesus e Everton —, pela primeira vez nessa Copa América a Seleção não tinha domínio total até que, em duas jogadas isoladas, marcou dois gols e resolveu sua situação.

Em um dos pontos fortes do time de Tite, Coutinho bateu o escanteio e Casemiro abriu o placar, aos 11, marcando seu primeiro gol com a camisa da Seleção. Logo depois, aos 18, o goleiro Gallese chutou em cima de Firmino, a bola bateu na trave e, no rebote, o atacante driblou o peruano e marcou o segundo. 

Com a vantagem, o Brasil teve tranquilidade e, principalmente, espaço para jogar bem. E o terceiro gol saiu com naturalidade, em jogada individual de Everton, que recebeu na esquerda, puxou para o meio e chutou no canto, aos 31. Gabriel Jesus ainda poderia ter feito mais um, mas chutou mal. 

A enorme tranquilidade se manteve na segunda etapa. Mesmo com a boa vantagem, a Seleção seguiu jogando de forma natural, criando chances, até que Daniel Alves ampliou aos 8. E numa jogada que não se via há tempos no time de Tite: o lateral tabelou com Arthur e foi lançado por Firmino, tocando na saída do goleiro.

Estava fácil e o Brasil seguiu em busca de mais gols. Mas com o passar do tempo Tite acabou aproveitando o jogo para fazer testes, colocando Allan, Alex Sandro e Willian. O atacante, último a chegar no lugar de Neymar, marcou um belo gol, fechando o placar aos 44. Ainda houve tempo para Gabriel Jesus sofrer pênalti nos acréscimos e perder, com o goleiro Gallese fazendo boa defesa.

Fonte: O Dia