Após 17 anos juntos, casal coloca mais uma mulher na relação e forma trisal

Reprodução/Instagram

São Paulo - Jodie e Simon Reynolds, de 30 e 31 anos de idade, respectivamente, se conheceram ainda na escola, em Perth, Austrália, e se casaram em 2012. Depois de 17 anos juntos, eles afirmam que o relacionamento está melhor do que nunca, ainda mais depois que conheceram Natasha Bee, 31, e decidiram que queriam formar um trisal.

Quem encontrou Natasha pela primeira vez foi Jodie, que diz ter ficado "atraída pela energia" da moça ao conhecê-la em uma loja. Depois, ela foi apresentada à Simon e os três se tornaram grandes amigos. Há seis meses, eles declararam seus sentimentos um pelo outro e, desde então, formam um trisal — como é chamado um relacionamento poliamoroso com três pessoas. 

Ao 'Daily Mail', Simom conta que apesar de existir ciúme, ele e Jodie conseguem administrar isso. "Nós somos tão dedicados e apaixonados um pelo outro como sempre fomos, mas essa relação definitivamente foi um desafio. Jodie e eu passamos mais tempo juntos em nossas vidas do que separados e nunca nos relacionamos com mais ninguém." 

Os dois nunca haviam cogitado poliamor e, segundo ele, o "truque" para equilibrar as emoções e o ciúme é a comunicação. "Nós não somos perfeitos nisso e estamos trabalhando de forma constante para melhorar quando lidamos com essa situação", completa. 

"Jodie e eu temos um casamento maravilhoso e sempre trabalhamos juntos em tudo. Quando conhecemos a Natasha e percebemos que temos sentimos por ela foi assustados, mas essa sensação que precisávamos estar juntos não podia ser ignorada. Pode ser difícil para pessoas que estão procurando outras para encaixar no relacionamento, mas nós nunca quisemos que Tash preenchesse algum vazio, mas fazer parte disso como um todo." 

A experiência do trisal em um relacionamento poliamoroso
Ele diz considerar quatro relacionamentos em um: Simon e Jodie, Jodie e Natasha, Natasha e Simon e os três juntos. "Cada uma dessas relações precisam ser nutridas em seu próprio tempo. Tentamos criar algo não hierarquizado, para nos considerarmos iguais. O maior desafio é que Jodie e eu temos uma família e uma história e nós três moramos em casas separadas." 

"Acho que a melhor coisa sobre esse relacionamento é que tudo aconteceu de forma orgânica. Jodie e eu já havíamos discutido sobre poliamor antes e decidido que não era algo que a gente queria. Porém, isso abriu nossos olhos para outra maneira de viver e mudou a forma como vemos nossa relação e o amor, em geral."

Simon afirma que eles perceberam que a monogamia, ou seja, o costume de ter apenas um parceiro, é "socialmente construído". "Descobrimos que temos mais amor e apoio ao nosso redor depois que começamos isso e nossas famílias enxergam de forma positiva. Nós contamos para nossos familiares e amigos alguns meses depois e eles aceitaram bem." 

O próximo passo para o trisal agora é morar juntos. "Estamos discutindo nossas opções e, além disso, nossa maior vontade é ser feliz juntos pelo máximo de tempo que isso for possível, fazendo esse relacionamento funcionar", finaliza.

Fonte:  iG