Flamengo leva punição da Conmebol por uso indevido de escudo na camisa

Daniel Castelo Branco

Rio - O Flamengo foi punido pela Conmebol por um motivo um tanto quanto inusitado. Na vitória de 2 a 0 sobre o Internacional, na partida de ida da quartas de final da Libertadores, no Maracanã, a equipe rubro-negra não utilizou corretamente os escudos obrigatórios que devem ser colocado na manga da camisa. 

Pelo incidente do dia 21 de agosto, o clube terá que pagar (R$ 42 mil), valor estipulado pelo presidente do Tribunal de Disciplina, o paraguaio Eduardo Gross Brown. Além disso, a equipe carioca teve um acréscimo a sua pena por disponibilizar menos gandulas no campo do que é exigido, algo também incomum. 

De acordo com a confederação, o Flamengo infringiu os artigos 64 e 65 do regulamento da competição, que orienta a utilização do escudo em alusão à competição. A determinação é válida para todos os clubes, mas com algumas diferenças. O Atual campeão, neste caso o River Plate, estampa o símbolo no peito da camisa. Já os outros times que já foram campeões, caso do Flamengo, devem colocar tal escudo na manga, junto com o número de títulos (1, neste caso), além de utilizarem um ouro emblema na manga direita, com o ano da competição vigente.

A equipe carioca colocou os escudos na parte de cima da manga, enquanto o regulamento estipula que eles sejam colocados na parte de baixo. Tais recomendações são inclusive ilustradas no documento entregue aos clubes. 
O Rubro-Negro já havia recebido uma multa no começo de agosto, pela utilização de sinalizadores e bombas de alguns torcedores na vitória sobre o Emelec, dia 31 de julho, também no Maracanã. O valor da multa foi o mesmo desta nova punição.

Fonte:  O Dia