Mulher é morta pelo pai e enterrada no quintal de casa

Reprodução

Buenos Aires - Desaparecida desde o dia 28 de agosto, uma mulher de 30 anos foi encontrada sem vida na segunda-feira depois que uma de suas amigas começou a procurá-la e acionou a polícia. Seu pai, um cidadão boliviano, confessou que a matou e enterrou no quintal de sua casa em Hurligham, a oeste da Grande Buenos Aires, na Argentina. As informações são do jornal argentino Clarín. 

O suspeito, identificado como Willy Palacios Montaño, 62 anos, foi preso.

Segundo fontes policiais, ele contou ao outro filho que cometeu o crime na manhã de 28 de agosto. Naquele dia pai e filha discutiram e o homem acabou matando Ariana Jesica Palacios. 

A vítima, conhecida como "Aru", era mãe de uma menina de 5 anos e seus familiares e amigos pediram ajuda para encontrá-la nas redes sociais.
Adrián, o namorado de Ariana, disse hoje ao canal de TV Chronicle que ficou surpreso quando o seu sogro lhe disse que a mulher havia decidido terminar com ele e "mudar de ares, trabalhar" e que "ficaria tudo bem."

Na segunda-feira, a equipe da Polícia Científica foi até a casa para encontrar o corpo, com médicos forenses e bombeiros. O cadáver foi retirado no início da tarde.

Fonte: O Dia