Mulher de 61 anos dá à luz pela primeira vez

Reprodução

Uma mulher se tornou mãe pela primeira vez aos 61 anos no interior do Paraná. Após passar anos na fila de espera para adoção, Ana Maria Pontelo Moreira decidiu realizar o processo de fertilização in vitro, dando a luz a um menino na última quarta-feira (30).

Apesar de sempre ter sonhado em ser mãe, a vida de estudos e trabalho acabou adiando os planos de Ana. Em 2013, a paranaense entrou na fila para adoção, mas não obteve sucesso no processo. Foi quando optou pelo banco de sêmen e óvulos, para a realização da fertilização in vitro (FIV).

No Brasil, a idade limite para a realização da FIV é de 50 anos, o que fez com que ela entrasse na justiça para conseguir a autorização do procedimento. A gestação, que teve duração de 39 semanas, foi acompanhada de perto pelos médicos.

De acordo com Ana, a gravidez foi tranquila, com apenas um pequeno episódio de diabetes gestacional e algumas dores de coluna, ambos tratados pela equipe médica. O bebê, chamado Ian, nasceu saudável e sem complicações.

O que é a fertilização in vitro?
A Fertilização In Vitro é uma técnica que consiste na coleta dos gametas para que a fecundação seja feita em laboratório e depois na transferência desses embriões de volta para o útero materno.

Um ultrassom orienta o médico sobre o local onde deve ser colocado o embrião, normalmente a 1 centímetro do fundo do útero. A sensação pode criar um ligeiro desconforto. Por fim, após 12 ou 14 dias, é feito o exame para detectar se houve sucesso no método.

Fonte: Noticias ao Minuto