Preferido de Campello, Abel Braga se reúne nesta segunda com o Vasco

Bruno Haddad / Cruzeiro

Rio - Abel Braga é a bola da vez na Colina. Amigo pessoal do presidente do Vasco, Alexandre Campello, o técnico, de 67 anos, é o plano A para substituir Vanderlei Luxemburgo, confirmado pelo Palmeiras. Após o primeiro contato, a diretoria cruzmaltina tem reunião agendada nesta segunda-feira com Fábio Braga, filho e empresário de Abelão, e não esconde a pressa para anunciar o novo treinador e, assim, retomar o planejamento de 2020.

O contrato terá validade de um ano, pois no fim do próximo ano acontece eleição que definirá o futuro presidente. No fim do ano passado, o Vasco entrou na briga com Flamengo e Santos pela contratação de Abelão. Alexandre Campello se reuniu com o técnico, mas a amizade de longa data não foi suficiente para convencê-lo a assumir o Cruzmaltino, à época. Para fechar, o treinador terá que se enquadrar à realidade financeira do clube, que é grave.

De volta ao mercado após a passagem relâmpago pelo rebaixado Cruzeiro, com três vitórias, três derrotas e oito empates em 14 rodadas. Campeão carioca pelo Flamengo na final contra o Vasco, Abelão deixou o clube após cinco meses. Na Gávea, teve o trabalho contestado e colecionou críticas por deixar Arrascaeta no banco de reservas. Pediu demissão em maio sob a alegação de falta de respaldo da diretoria, com um retrospecto de 19 vitórias, oito empates e cinco derrotas, em 32 partidas.

Caso a negociação se concretize, Abel Braga iniciará a sua terceira passagem como técnico do Vasco,ondetrabalhou em 1995 e 2000. A identificação com o clube, porém, é grande. Revelado pelo Fluminense, o então zagueiro Abel ganhou destaque com a camisa cruzmaltina e integrou a temida 'Barreira do Inferno', como ficou conhecida a defesa que também tinha Orlando Lelé, Geraldo e Marco Antônio, além do goleiro Mazzaropi. Com o famoso quinteto,o Vasco foi campeão carioca de 77, com cinco gols sofridos em 28 jogos.

Fonte: O Dia/ Marcelo Bertoldo