Apresentado, Daniel Paulista chega motivado ao Sport

Foto: Alexandre Aroeira / Folha de Pernambuco

Agora, é trabalho! O novo técnico do Sport, Daniel Paulista, foi apresentado na manhã desta segunda-feira (17), no CT José de Andrade Médicis, em Paratibe. Depois de fazer bom trabalho no Confiança/SE, ele chega motivado ao Leão para substituir Guto Ferreira, que deixou o Rubro-negro na semana passada, após eliminação precoce diante do Brusque/SC, pela Copa do Brasil. O ex-jogador chega acompanhado do auxiliar Daniel Cerqueira e do preparador físico Ricardo Henriques.  

"Estou muito feliz pelo retorno. Posso dizer que minha vontade e minha determinação será muito maior que os desafios que vamos ter pela frente. Estamos motivados, determinados para fazer um grande trabalho, juntos com os atletas, juntos com a torcida. Queremos resgatar o torcedor, o clube, e colocar o Sport novamente no caminho das vitórias", afirmou.

Ao aceitar o convite do time pernambucano, Daniel Paulista trocou um trabalho consolidado no Confiança/SE, para assumir o Sport que vem de uma eliminação na Copa do Brasil e uma derrota no Clássico dos Clássicos, além de atuações ruins neste início de temporada. Como o próximo compromisso leonino é apenas no sábado (22), contra o América/RN, em Natal, o treinador terá a semana livre para começar a implantar seu estilo de jogo e elevar o ânimo do elenco.

"Não existe ninguém satisfeito com os resultados. O clube vem de uma eliminação sofrida na quarta-feira. Depois perdeu um clássico, e eu sei que nunca vai ser fácil lhe dar com a derrota. Mas, a partir de agora é um novo ciclo que está começando. Quando chega um novo técnico, são novas perspectivas, e espero que o grupo esteja motivado. Todos estão empregados em um grande clube, temos que ter essa consciência. Então, espero dedicação dos atletas para entender a maneira que vamos trabalhar e que possamos alcançar os resultados o mais rápido possível", falou o novo comandante.

O Sport foi o pontapé inicial na carreira de Daniel Paulista como treinador. Em 2015, ele assumiu o posto de auxiliar-técnico do clube. No final de 2016, após saída do então comandante do Leão, Oswaldo de Oliveira, Daniel assumiu interinamente o time rubro-negro, ajudando a evitar o rebaixamento à Série B.

No ano seguinte, Daniel Paulista foi efetivado no cargo, mas sua permanência na função durou poucos meses, com o Sport optando pela contratação de Ney Franco. Daniel retornou ao posto de auxiliar. Porém, no final de 2017, ele novamente recebeu a missão de treinar o Leão, também com o objetivo de livrar o clube da queda de divisão. Em 2018, o profissional foi demitido da instituição. À frente do Rubro-negro, o treinador participou de 38 jogos, conquistando 20 vitórias, oito empates e dez derrotas, com um aproveitamento de aproximadamente 60%.

Fonte:Folhape / Yuri Teixeira