Brasil empata com Uruguai e se complica no Pré-Olímpico

Reuters

BUCARAMANGA, COLÔMBIA (UOL/FOLHAPRESS) - A seleção brasileira se complicou na luta por uma vaga em Tóquio-2020. Nesta quinta-feira (6), em Bucaramanga, na Colômbia, a equipe de André Jardine ficou no 1 a 1 com o Uruguai em uma partida marcada por falhas dos dois goleiros no Pré-Olímpico.

O jogo contou com poucas chances de ambos os lados e só teve o placar alterado por dois gols completamente defensáveis. Primeiro, Ivan aceitou chute de longe de Ugarte desviado em Bruno Fuchs e, depois, Arruabarrena colocou a bola para dentro de seu próprio gol após cabeçada de Pedrinho.

Agora, a seleção tem dois pontos e vai pressionada para a última rodada, pela qual enfrentará a Argentina. A situação exata do time no quadrangular decisivo será conhecida mais tarde, após o confronto entre os argentinos e a Colômbia, que terá início às 22h30 (de Brasília) desta quinta.

Apenas os dois primeiros do quadrangular final terão a vaga olímpica. Ao final de sua última partida, o Brasil era o segundo colocado, com dois pontos. Atrás, vinham Colômbia e Uruguai, com um cada. Na ponta, a Argentina somava três.

BRASIL

Ivan; Guga, Bruno Fuchs, Nino e Iago; Matheus Henrique (Igor Gomes), Bruno Guimarães e Pedrinho (Pepê); Antony, Paulinho (Reinier) e Matheus Cunha. T.: André Jardine

URUGUAI

Arruabarrena; Rodríguez, Gularte, Laborda e Oliveros; Ugarte (Acevedo), Sanabria, Rossi, e Piquerez; Ramírez (Arezo) e Viñas (Rodríguez). T.: Gustavo Ferreyra

Estádio: Alfonso López, em Bucaramanga (COL)

Árbitro: Eber Aquino (PAR)

Assistentes: Juan Zorrilla e Dario Gaona (PAR)

Cartões amarelos: Nino (BRA); Piquerez (URUi)

Gols: Ugarte (URU), aos 34min, e Arruabarrena (contra, BRA), aos 39min do 1º tempo

Fonte: Folhaprees