Mortes por coronavírus no estado de SP sobem para 15; no Rio de Janeiro são 3

Foto: Reprodução/Instagram

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou neste sábado (21) que o número de mortes por coronavírus no estado subiu de 9 para 15. O estado também tem 34 pacientes em UTI (unidade de terapia intensiva) em decorrência da Covid-19 e 9.000 possíveis casos de infecção pelo novo coronavírus Sars-CoV-2.

Na sexta (20) à noite, a Prefeitura de Petrópolis, no Rio de Janeiro, anunciou a primeira morte por coronavírus na cidade, a terceira no estado. As duas primeiras mortes pela doença aconteceram nas cidades de Miguel Pereira e Niterói.

A vítima de Petrópolis é um homem de 65 anos, que estava internado em hospital privado desde que retornou de viagem ao Egito. Sua esposa, que ainda aguarda resultado do teste, está internada em UTI. O paciente havia entrado na lista de casos confirmados durante a tarde.

Petrópolis tem mais um caso da doença confirmado e investiga outros 24.
Em nota, o governo do Rio de Janeiro diz ter registrado, até a manhã deste sábado (21) 110 casos confirmados, a maior parte (89) no município do Rio.Na sexta (20), o Ministério da Saúde divulgou que existe um total de 904 casos confirmados em todo o país.

TRANSMISSÃO SUSTENTADA
Em portaria divulgada na sexta, o Ministério da Saúde afirmou que todo o país tem a transmissão sustentada da doença, que acontece quando não é possível identificar a origem do vírus.

A pasta alterou o protocolo e afirma que todos os casos de gripe devem ser tratados pelo sistema de saúde como se fossem casos de Covid-19. As determinações incluem o isolamento de 14 dias da pessoa e de seus familiares.Os médicos deverão fornecer atestados de saúde para afastamento tanto para os pacientes quanto para os familiares para que todos possam se isolar. ​

Fonte: Folhapress