Homem é achado morto com tiro na nuca em quarto de apartamento na Encruzilhada, no Recife

Foto: Reprodução/TV Globo

Um pedreiro que estava prestando serviço em um apartamento foi encontrado morto com um tiro na nuca, nesta quinta-feira (11), na Encruzilhada, na Zona Norte do Recife. Segundo a Polícia Civil, Leandro Bruno Barbosa, de 35 anos, trabalhava com outro profissional em uma obra no imóvel, no Edifício Teofanes Gonçalves. A polícia aponta que se trata de um caso de homicídio (veja vídeo acima).

O corpo da vítima foi localizado em um dos quartos do apartamento. "Não havia sinais de luta corporal. Ele foi pego covardemente. Foi uma execução", declarou o perito Tadeu Cruz, responsável pelas análises no apartamento.

Ainda de acordo com a polícia, o corpo do rapaz foi encontrado depois que a família começou a se preocupar com o desaparecimento dele, entre a quarta e a quinta. A mulher do pedreiro que morreu estranhou o fato de ele não chegar em casa e nem atender o telefone.

Por isso, ela chamou os donos do apartamento, que estavam em Gravatá, no Agreste. Os proprietários abriram o apartamento e acharam o corpo em um dos quartos do imóvel. A polícia informou que os pedreiros tinham as chaves do apartamento para poder fazer os serviços.

A Polícia Civil foi acionada às 15h30 desta quinta para a ocorrência no prédio, localizado na Rua 24 de Junho. A perícia técnica e a Polícia Militar também estiveram no local.

O perito Tadeu Cruz disse que há muitas câmeras no prédio. Isso vai ajudar a e elucidar o caso. "Coletamos um elemento balístico e material genético que vão ser analisados", afirmou o perito.

Ele informou também que a obra teria começado há 15 dias. Sobre o dia do crime, ele afirmou que é provável que tenha ocorrido na quarta (10).

O corpo do pedreiro foi levado pela equipe do Instituto de Medicina Legal (IML), no fim da tarde, para a sede da instituição, em Santo Amaro, na área central da cidade.

Fonte: G1 PE