Filho de Beckham planeja casamento judeu e gasto de até R$ 21,5 mi com duas cerimônias

Foto: Reprodução/Instagram

Dias após o anúncio do noivado do modelo Brooklyn Beckham, 21, filho de David e Victoria Beckham, com a atriz Nicola Peltz, 25, filha do bilionário americano Nelson Peltz, 78, muitos detalhes já estão sendo especulados pela imprensa internacional. Um deles é o desejo do casal de fazer uma cerimônia judaica.

Apesar de nenhum dos dois ser religioso, o jornal Daily Mail afirmou que o bisavô de Brooklyn e o pai de Nicola são judeus, o que fez os dois optarem por usar a chupá (copa do casamento) e assinarem uma ketubá (contrato de casamento). Não está definido, no entanto, se eles terão um rabino a frente da cerimônia.

Além disso, o casal estaria pensando em duas celebrações, sendo uma no Reino Unido, onde mora a família do rapaz, e outra da Flórida, nos Estados Unidos. Os planos incluiriam o gasto de US$ 4 milhões (cerca de R$ 21,5 mi) nas duas cerimônias, que aconteceriam em 2021.

O casal, que assumiu o namoro em janeiro, apesar de estar junto há pouco mais de um ano, já teria concordado em assinar um acordo pré-nupcial, que, segundo o Daily Mail, teria sido exigido pelo pai da atriz. Já os pais do modelo estariam empolgados por ficarem mais próximos dos EUA, com a mudança do filho.

Apesar de todos os preparativos e empolgações, há também quem não acredita muito na união dos dois. A dançarina Lexy Panterra, 31, que namorou Brooklyn por cerca de um ano, afirmou ter ficado chocada com o anúncio de noivado e disse ainda que o ex é imaturo demais para se casar.

"Fiquei bastante chocada e confusa quando soube que ele ficou noivo. Não é algo que alguém esperava e, honestamente, o Brooklyn não está pronto para isso. Ele é muito jovem e muito imaturo. Não sei por que ele se apaixona a cada poucos minutos. Não há consistência em seus relacionamentos", disse ela ao The Sun.

Fonte: FolhaPress