Morre, aos 94 anos, Maria do Carmo Magalhães de Queiroz Monteiro

Foto: Acervo da família

Faleceu, nesta quinta-feira (9), aos 94 anos, Maria do Carmo Magalhães de Queiroz Monteiro, viúva do empresário, ex-deputado e ex-ministro Armando Monteiro Filho. A causa da morte foi natural e aconteceu no Hospital Português, no Paissandu.  

Devido ao momento atual de pandemia, o velório será restrito aos familiares, que agradecem, desde já, as manifestações dos amigos. O velório está marcado para às 8h, no Cemitério Morada da Paz. Já a cerimônia de cremação está prevista para ocorrer por volta das 10h. 

Maria do Carmo era filha caçula do ex-governador do estado de Pernambuco Agamemnon Magalhães. Casou-se, em 17 de setembro de 1949, com Armando Monteiro Filho, que atuou como ministro da Agricultura da fase parlamentarista do Governo João Goulart. Do Carmo, como era chamada, e Armando tiveram cinco filhos: Lectícia Cavalcanti, Armando Neto, Sérgio Monteiro, Horácio Monteiro e Eduardo Monteiro, presidente do Grupo EQM, do qual faz parte a Folha de Pernambuco.

Políticos, amigos e empresários prestam homenagens a Maria do Carmo Magalhães de Queiroz Monteiro

Lula Cabral - Prefeito do Cabo de Santo Agostinho
É com grande pesar que recebo, nesse dia em que celebramos 143 anos da nossa cidade, o Cabo de Santo Agostinho, a notícia do falecimento de duas pessoas importantes do nosso Estado. 

Dona Maria do Carmo Monteiro, viúva do ex-ministro Armando Monteiro Filho e mãe do ex-senador Armando Monteiro Neto e do presidente do grupo EQM (Folha de Pernambuco) Eduardo Monteiro. Uma mulher de fibra, que sempre se destacou em nosso Estado pela discrição e engajamento nas causas sociais. E do empresário Luciano Monteiro, pai do deputado federal Fernando Monteiro, vítima da COVID-19, que se destacou trazendo desenvolvimento econômico para Pernambuco. 

Seremos sempre gratos pelas contribuições que nos deram em suas áreas de atuação. À família, desejo o consolo que só Deus pode dar nesse momento.

Fonte: Folha de Pernambuco