Nos últimos 14 dias antes do coronavírus, Onyx Lorenzoni se reuniu com ao menos 49 pessoas

Foto: Valter Camparato/Agência Brasil

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni (DEM), teve reuniões com ao menos 49 pessoas, entre assessores, políticos e outras personalidades, nos 14 dias anteriores à manifestação dos primeiros sintomas do novo coronavírus. Na manhã desta segunda (20), ele anunciou pelo Twitter que está com a doença.

Nomes de José Levi, advogado-geral da União (AGU), do general Ramos, da Secretaria de Governo, e de Sérgio Camargo, presidente da Fundação Palmares, aparecem na agenda oficial de Onyx na tarde da última quinta (16), horas antes dos primeiros sintomas.

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), o tempo de incubação da Covid-19, ou seja, o período em que a pessoa está infectada pelo novo coronavírus sem apresentar sintomas, pode variar de 1 a 14 dias.

No período, o ministro da Cidadania foi ao Palácio do Planalto para um encontro com o general Braga Netto, ministro da Casa Civil, na segunda (13), e também recebeu em seu gabinete o deputado federal Osmar Terra (MDB-RS), na quarta (15).

Fonte: Mariana Carneiro, Guilherme Seto e Nathalia Garcia da Folhapress