“Damas do tráfico” são presas em operações da Polícia Militar, em Anápolis

Foto: Divulgação/PM

Três mulheres e um homem foram presas no final da tarde desta terça-feira (26) em duas operações da Polícia Militar (PM). As prisões foram efetuadas em Anápolis, a 59 km de Goiânia. Todos tinham associações com o tráfico de drogas e uma das suspeitas já possuía passagens pela polícia. As operações foram realizadas por equipes da Força Tática no Setor Recanto do Sol e no Bairro Leblon.

A primeira ocorrência aconteceu na rua 47, no Setor Recanto do Sol, por causa de uma briga entre vizinhas. Verônica Ribeiro Gomes, de 18 anos, se desentendeu com duas mulheres e ameaçou uma delas de morte. A PM foi acionada e chegou no local ao mesmo tempo de Jennifer Moreira Mesquita, de 19 anos.

Através de uma consulta à placa do da moto de Jennifer, os agentes identificaram um suposto envolvimento dela com o tráfico de drogas. Durante a abordagem policial, ela revelou que foi até a casa de Verônica para receber uma dívida e para entregar a ela LSD e crack.

Ambas confirmaram à polícia que se relacionam com dois homens que cumprem pena no presídio de Anápolis. Elas afirmaram que estariam apenas dando continuidade ao trabalho deles. Foram apreendidos 500 pontos de LSD, 300g de crack, R$ 1.600, diversos cartões bancários, celulares e uma balança de precisão. Jennifer já possui uma passagem na polícia por tráfico de drogas. Verônica e Jennifer foram presas em flagrante e encaminhadas para a Delegacia Central de Anápolis.

Boca de fumo desmontada
A outra ocorrência aconteceu por na Rua L 26, no Bairro Leblon. Ravylla Mirian Miranda Tomaz, de 20 anos, e seu marido Josapha José Gomes de Sousa, de 32 anos, comandavam uma boca de fumo que foi desmontada por outra equipe da Força Tática.

A polícia abordou o suspeitos e apreenderam, na residência do casal, meio quilo de maconha, uma balança de precisão, dois celulares e R$ 195. Nenhum dos dois tem passagem pela polícia. O objetos apreendidos, juntamente com os suspeitos, foram encaminhados para a Delegacia Central de Anápolis.

Fonte: Mais Goiás