Lula chega a São Paulo para participar de velório de neto

REPRODUÇÃO/TWITTER

O avião com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou a São Paulo por volta das 8h30 deste sábado (2/3). Ele deixou a sede da Polícia Federal às 7h depois de conseguir autorização para ir ao velório do neto Arthur Lula da Silva, de 7 anos, que morreu nessa sexta-feira (1º), vítima de uma meningite.

Lula saiu da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba de helicóptero a caminho do aeroporto. De lá, pegou um avião cedido pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD), atendendo a pedido da PF.

Arthur é velado no Cemitério Jardim da Colina, em São Bernardo do Campo, desde as 22h dessa sexta-feira. O garoto chegou debilitado e com febre alta ao Hospital Bartira, da Rede D’Or, em Santo André, mas o quadro se agravou e ele não resistiu. O menino é filho de Sandro Lula da Silva, o caçula de Lula com Marisa Letícia.

Liberação
A juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara Criminal Federal de Curitiba, autorizou a soltura do ex-presidente no fim da tarde de sexta (1º), após parecer favorável do Ministério Público. “Foi autorizada a participação de Lula no velório e, a fim de preservar a intimidade da família e garantir não apenas a integridade do preso mas a segurança pública, os detalhes do deslocamento serão mantidos em sigilo”, informou a Justiça Federal do estado.

O pedido de liberação foi protocolado pelo advogado Cristiano Zanin, defensor do ex-presidente. “O artigo 120, inciso I, da Lei de Execução Penal (Lei nº 7.210/84) expressamente assegura o direito do cidadão em situação de encarceramento sair temporariamente do estabelecimento em que se encontra na hipótese de falecimento de descendente”, apontou em documento.

Entenda
Neto de Lula, Arthur Araújo Lula da Silva morreu nesta sexta, vítima de meningite. Ele chegou debilitado e com febre alta ao Hospital Bartira, da rede D’Or, em Santo André, mas o quadro se agravou e ele não resistiu. Arthur é filho de Sandro Lula da Silva, o caçula de Lula com Marisa Letícia. Foi Sandro quem obteve autorização da Polícia Federal e informou o pai sobre a morte do menino. A partir daí começou o trâmite da defesa do ex-presidente para garantir sua liberação.

Fonte: Metrópoles


Como passar no encurtador Drop link