Witzel anuncia rompimento do Maracanã com consórcio que administra estádio

Daniel Castelo Branco / Agencia O Dia

Rio - O governador do estado do Rio, Wilson Witzel, anunciou nesta segunda-feira (18) que vai cancelar a atual concessão do Maracanã em razão do "descumprimento do contrato" por parte do consórcio, formado pela Odebrecht Entretenimento S/A e a Odebrecht S/A.

 Witzel afirmou que o estado é quem irá administrar o estádio pelos próximos 30 dias. Durante o período, o governo pretende conversar com os clubes e com a Federação de Futebol do Rio (FFERJ).

A ideia é lançar em breve uma nova parceria público-privada. Segundo o secretário estadual de Esportes, Felipe Bornier, a Odebretch, que teria direito de administrar o Maior do Mundo por mais 30 anos, não paga as parcelas relativas ao Maracanã desde maio de 2017. O valor da dívida chega a R$ 38 milhões.

Fonte: O Dia/Yuri Eiras