Explosão no norte de Teerã deixa ao menos 13 mortos

Foto: Amir Kholousi / ISNA / AFP

Uma grande explosão em uma clínica no norte da capital iraniana matou pelo menos 13 pessoas nesta terça-feira (30), informou a agência semioficial ISMA, citando serviços de resgate.

A explosão no centro sanitário Sina At'har causou danos a edifícios vizinhos e provocou uma espessa nuvem de fumaça preta, segundo imagens exibidas na televisão.

"Foi informada uma explosão às 20H56 locais (13H26 de Brasília) e de um incêndio posterior na clínica Sina At'har. Foram enviadas unidades médicas imediatamente", informaram as fontes.

"Está confirmada a morte de 13 pessoas. Outras seis ficaram feridas e foram trasladadas" a um hospital, informaram os serviços de emergência.

Dez das pessoas falecidas são mulheres, explicou o chefe de polícia de Teerã, Hossein Rahimi, à ISNA.

O porta-voz do serviço dos bombeiros, Jalal Maleki, informou que a explosão ocorreu no sótão da clínica, onde estavam armazenados botijões de gás.

Algumas das vítimas "estavam em andares superiores, eram pacientes que estavam sendo operados ou eram acompanhantes", afirmou.

"Infelizmente, perderam a vida por causa da fumaça e do calor", explicou.

O incêndio foi controlado duas horas depois.

O incidente ocorreu quatro dias depois de uma explosão perto de um complexo militar, também em Teerã.

Fonte:  AFP