Eficiente, Botafogo vence o Galo e conquista a primeira vitória no Campeonato Brasileiro

Daniel Castelo Branco

A primeira vitória no Campeonato Brasileiro veio em grande estilo. Eficiente, o Botafogo bateu por 2 a 1 o líder Atlético-MG, no Estádio Nilton Santos, e impôs ao time de Jorge Sampaoli a primeira derrota na competição. Luiz Fernando, uma das surpresas na escalação, e Caio Alexandre marcaram os gols da vitória — Igor Rabello descontou no fim.

Diante da equipe que até então tinha 100% de aproveitamento, Autuori precisou ser ousado. Com Matheus Babi e Pedro Raul na frente, o time foi a campo num 4-4-2. Sem Honda, poupado, o lateral-esquerdo Guilherme Santos foi improvisado como volante.

Com o triunfo, o Botafogo foi a cinco pontos e saltou da 14ª para a sétima posição no Brasileiro. Até agora, o time está invicto na competição, com duas vitórias e um empate. A equipe ainda tem um jogo a menos, contra o Bahia, adiado, pela primeira rodada.

A estratégia de jogo deu certo. Sob pressão, o Botafogo esteve recuado na maior parte do tempo, mas saía com muito perigo em velocidade. Foram 31 finalizações do Galo — três na trave — contra dez do Botafogo, mas a eficiência falou mais alto. Numa dessas escapadas, Luis Henrique fez linda jogada pela esquerda e finalizou para defesa de Rafael. Luiz Fernando aproveitou o rebote para abrir o placar, aos 26 da primeira etapa.

Com a entrada de Caio Alexandre e Rafael Forster para aumentar a marcação, o time esteve mais seguro no segundo tempo e foi letal nos contra-ataques.

Primeiro, Babi roubou a bola e tocou para Bruno Nazário marcar, mas o VAR flagrou um toque de mão do atacante — a bola pegou primeiro no braço do zagueiro, em falta ignorada pelo árbitro. Aos 41, foi a vez de Babi servir Caio Alexandre, que, sem goleiro, garantiu os três pontos. No apagar das luzes, Igor Rabello diminuiu e, por respeito ao ex-clube, não comemorou.

Fonte: O Dia /Danillo Pedrosa