Morre Eudes de Orleans e Bragança, bisneto da Princesa Isabel

Foto: Guito Moreto/O Globo

Figura querida na alta roda carioca, Dom Eudes de Orleans e Bragança morreu no Rio, aos 81 anos, nesta quinta-feira, dia 13, em decorrência de uma insuficiência renal causada por problemas no coração. Ele estava internado há oito meses no Pró-Cardíaco, em Botafogo. O bisneto da Princesa Isabel deixa a mulher, Mercedes, seis filhos e 11 netos. O enterro aconteceu na tarde desta sexta-feira, no Cemitério São Joao Batista.

Eudes Maria Rainier Pedro José de Orleans e Bragança nasceu em Mandelieu, na França. Foi o segundo filho de Pedro Henrique de Orleans e Bragança, então chefe da Família Imperial Brasileira, e de Maria Elisabeth da Baviera. Eudes renunciou a qualquer direito de sucessão ao extinto trono brasileiro para si e para os seus descendentes em 3 de junho de 1966.

O seu primeiro casamento foi em São Paulo, em 1967, com Ana Maria Cerqueira César Moraes de Barros, com quem teve dois filhos.  Eles de divorciaram em1976. No mesmo ano, no Rio, Eudes se casou com Mercedes Willemsens Neves da Rocha, com quem teve mais quatro filhos.

Grande entusiasta do golfe, ele praticou o esporte até os 78 anos, nos campos do Gávea Golf Club, em São Conrado, e de todo o mundo. Em 2016, ele comemorou o fato de o esporte ter voltado a ser modalidade olímpica nos Jogos do Rio. Na sala de estar do apartamento da família, na Lagoa, troféus e fotos de viagens de golfe dividiam espaço com quadros de Dona Leopoldina e Dom Pedro I. Eudes e Mercedes costumavam ir,  pelo menos uma vez ao ano, a Saint Andrews, cidadezinha na Escócia que é considerada o berço do golfe. Os quatro filhos colecionam títulos estaduais, brasileiros, sul-americanos.

“Meu pai foi sábio em passar essa paixão para os filhos. Até os amigos dele brincam conosco, porque ninguém conseguiu isso, enquanto meu pai tinha filhos golfistas de sobra, o suficiente para formar mais de um grupo de jogo (cada equipe deve ter de dois a quatro integrantes)”, disse Eudes Filho, em reportagem sobre o esporte publicada no GLOBO em 2016.

Fonte: Agência O Globo