Justiça decreta prisão e homem acusado de assassinar ex-esposa em Bayeux é considerado foragido

 

Foto: Reprodução/Redes Sociais

O homem acusado de matar a ex-esposa em Bayeux, na região metropolitana de João Pessoa, é considerado foragido. A Justiça acatou o pedido da Polícia Civil da Paraíba, através do Núcleo de Homicídios da Delegacia de Bayeux, e expediu, nesta quarta-feira (3), mandado de prisão contra Adriano Vieira da Cruz. Ele é apontado como autor do assassinato de Maria Adriana da Costa Silva, registrado na quarta-feira (27) passada, há uma semana, segundo apurou o ClickPB.


Adriano Vieira da Cruz passa a ser considerado foragido da Justiça e qualquer informação sobre o seu paradeiro deve ser comunicado à Polícia Civil através do número 197 (Disque-Denúncia).


"A população pode colaborar com a Polícia Civil informando o paradeiro do foragido ou fazendo qualquer outro tipo de denúncia. A ligação é gratuita e anônima", ressaltou o delegado Ademir Fernandes.


Maria Adriana da Costa Silva foi assassinada dentro da própria casa e a violência contra ela revoltou a população de Bayeux. O caso aconteceu no bairro da Imaculada e a vítima foi encontrada morta em cima da cama com perfurações na cabeça. Muitas pessoas comparecerem ao velório e ao enterro da auxiliar de serviços gerais, que deixa cinco filhos. O motivo do crime teria sido o fato de o ex-companheiro não aceitar a separação.


Fonte: Lucas Isídio

0 Comments:

Postar um comentário

AJUDAR O BLOG CLIQUE NO ANUNCIO!

Como passar no encurtador Drop link

AJUDAR O BLOG CLIQUE NO ANUNCIO!