De virada, Vasco derrota o Brasil de Pelotas e vence a primeira na Série B

Carlos Insaurriaga/GE Brasil


 Pelotas - De virada, o Vasco, com a vitória por 2 a 1 sobre o Brasil de Pelotas, encerrou neste sábado, no Estádio Bento Freitas, o incômodo jejum na Série B do Campeonato Brasileiro. Daniel Amorim e Morato saíram do banco de reservas para mudar o resultado, que, no entanto, não minimizou a má atuação no Rio Grande do Sul.


Sob a desconfiança da torcida, o Vasco não conseguiu elevar a temperatura no Estádio Bento Freitas, com registro 11 graus no momento em que a bola rolava. Com Zeca poupado, Marcelo Cabo improvisou Michel na lateral esquerda e promoveu a volta de Romulo ao meio de campo. No entanto, a escalação de Marquinhos Gabriel como titular, após mais de um mês, foi a principal aposta do treinador para aumentar o poder de criação do Vasco.


De cara, as mexidas não funcionaram como esperado. Embora tenha se apresentado ao ataque, Michel pecou na precisão no último passe. Romulo e Marquinhos Gabriel, ainda sem ritmo, não conseguiram dar velocidade à transição. O gol contra de Ernando, aos dez minutos, aumentou a pressão sobre um 'pobre' Vasco no quesito criação.


Com Riquelme, lateral-esquerdo de origem, e Juninho, no lugar de Michel e Galarza, Marcelo Cabo tentou corrigir os problemas diagnosticados no primeiro tempo. Como um bom time gaúcho, o Brasil de Pelotas se fechou à espera do contra-ataque perfeito, mas tropeçou nas próprias limitações técnicas. O treinador cruzmaltino explorou as últimas cartas ofensivas com Daniel Amorim e Morato no lugar Léo Jabá e Gabriel Pec. O Cruzmaltino, com quatro pontos, deixou o Z-4 e subiu para o décimo lugar.


Na base da vontade, a insistência do Vasco prevaleceu. De cabeça, Daniel Amorim empatou aos 34, após o desvio de Ricardo Graça na cobrança de escanteio. E Morato foi outro que explorou a bola aérea para escorar o cruzamento de Marquinhos Gabriel e, no sufoco, garantir a primeira vitória do Vasco na Série B. No fim do jogo, um princípio de discussão entre Gabriel Cabo, auxiliar do Vasco, e Claudio Tencati, técnico do Brasil, quase chegou as vias de fato.

BRASIL DE PELOTAS X VASCO


Local: Estádio Bento Freitas

Árbitro: Paulo Henrique Schleich Vollkopf (MS)

Gols: 1º tempo - Ernando (contra, aos 11 minutos). 2º tempo - Daniel Amorim (34 minutos) e Morato (37 minutos)

Cartões amarelos: Marcelo, Bruno Matias, Ícaro, Artur, Matheus Nogueira; Michel, Léo Jabá

Cartões vermelhos: -

Público: Jogo com os portões fechados


Brasil: Matheus Nogueira, Vidal, Leandro Camilo, Ícaro e Arthur; Rômulo, Bruno Matias (Héverton) e Gabriel Terra (Pierini); Luiz Fernando (Fabrício), Welinton (Matheuzinho) e Ramon. Técnico: Claudio Tencati


Vasco: Vanderlei, Léo Matos, Ernando, Ricardo Graça e Michel (Riquelme); Romulo, Galarza (Juninho) e Marquinhos Gabriel; Gabriel Pec (Morato), Léo Jabá (Daniel Amorim) e Cano (Andrey). Técnico: Marcelo Cabo


Fonte: O DIA

0 Comments:

Postar um comentário

AJUDAR O BLOG CLIQUE NO ANUNCIO!

Como passar no encurtador Drop link

AJUDAR O BLOG CLIQUE NO ANUNCIO!