Eu, eu, eu, Renato Gaúcho.... deu adeus!!!

Foto: Alexandre Vidal/Flamengo


 Como já era esperado, depois de perder a final da Libertadores para o Palmeiras, o técnico Renato Gaúcho pegou o beco. A diretoria do Flamengo já tava arretada com ele, e o resultado da decisão só fez antecipar o que já estava certo. Com toda sua arrogância, Renato não botou moral suficiente para evitar as derrotas na Liberta e na Copa do Brasil. Isso sem contar com o fato de não conseguir o tri do Brasileirão.


Tudo isso foi deixando também a torcida pra lá de arretada. Acostumados a ganhar praticamente tudo, entre 2019 e 2020, os rubro-negros só conquistaram neste ano o fraquinho Carioca. Mesmo sendo ainda um time forte, o Flamengo passou a demonstrar instabilidade, desde a saída do português Jorge Jesus.


Com Renato à frente, o Urubu tanto podia golear num jogo, como ser humilhado em outro. Tava tudo muito “louco”. O arrogante pagou um preço alto por estar num clube megalomaníaco em fase de queda. Uma prova disso é que ele não teve no papel uma passagem ruim na Gávea, pois em 38 jogos, teve 25 vitórias, 8 empates e 5 derrotas, um aproveitamento de 72,8%. Mas título que é bom... E aí a turma não perdoa.


Fonte: Flávio Adriano

0 Comments:

Postar um comentário

AJUDAR O BLOG CLIQUE NO ANUNCIO!

AJUDAR O BLOG CLIQUE NO ANUNCIO!