Segue o drama no Carioca: Vasco só empata com o Resende

Rafael Ribeiro / Vasco

Volta Redonda - O drama vascaíno neste Campeonato Carioca continua. No primeiro jogo da Taça Rio, o Vasco manteve a péssima fase do primeiro turno e não saiu do empate em 1 a 1 com o Resende — Thauan e Andrey marcaram —, no Raulino de Oliveira. Em outra atuação ruim, o alento foi a estreia de Guarín, que melhorou o passe do meio de campo, mas não foi suficiente para transformar em gols.

Depois da péssima Taça Guanabara — com apenas duas vitórias e quatro gols marcados em seis jogos —, o Vasco precisava mostrar evolução, mas o que conseguiu foi irritar seu torcedor no primeiro tempo. Mal distribuído e sem criatividade, o Cruzmaltino teve enorme dificuldade e com 17 minutos a torcida já pedia por Guarín.

Não era à toa. Ribamar e Marrony até tiveram chances, mas em jogadas de bola parada. E a impaciência virou irritação aos 30, quando o Resende abriu o placar em linda tabela entre Rezende e Kevyn, que contou com a falha na defesa vascaína no lado direito: Thauan marcou de letra.

Em situação delicada, Abel era xingado até que o Vasco enfim encaixou uma boa jogada para empatar: Henrique tabelou e cruzou para Andrey, que contou com desvio da zaga, aos 42. Mesmo assim, a torcida vaiou na saída para o intervalo. No retorno, Guarín entrou, estreou em 2020 e mudou a cara do time.

O colombiano melhorou consideravelmente o passe do meio do Vasco, que chegou com mais perigo com Pikachu, Marrony e Cano. Todas jogadas iniciadas por Guarín, até cansar. Mas chances claras foram poucas e o Resende não deixou de assustar nos contra-ataques, principalmente quando Abel encheu o time de atacantes e perdeu o meio nos 15 minutos finais: Vitinho, Wescley e Alef Manga quase marcaram.

No fim, o Vasco ainda buscou forças em meio à desorganização, mas Marrony parou no goleiro Ranule.

Fonte: O Dia