Condenado pela "Barbárie de Queimadas' é assassinado a tiros na Paraíba

Foto: Reprodução

Um dos homens condenados pelo estupro coletivo que ficou conhecido como a "Barbárie de Queimadas", foi assassinado a tiros, na madrugada deste domingo (20), no município. Jacó Sousa estava em uma barraca de espetinho, bebendo com amigos, quando homens armados chegaram no local e efetuaram disparos contra a vítima.

O Samu chegou a ser acionado, mas apenas constatou o óbito. A Polícia informou que vai trabalhar com duas hipóteses: vingança ou algum problema registrado nos oito anos que ele permaneceu preso.

O crime de Queimadas aconteceu em 2012, no estupro de cinco mulheres e no assassinato de duas delas. Jacó tinha sido condenado a 30 anos de prisão, havia cumprido oito deles no presídio de Segurança Máxima PB1, em João Pessoa, e estava em liberdade condicional há dois meses quando retornou a Queimadas.

O caso será investigado. 

Fonte: Clickpb